6 formas de transportar produtos frágeis com segurança!

Tempo de leitura: 3 minutos

Empresas que precisam recorrer a processos logísticos para a entrega de mercadorias devem estar sempre muito atentas à segurança dos produtos. Além de representar um cuidado a mais com a qualidade dos serviços, essa preocupação garante uma boa experiência para o cliente e a integridade da compra realizada.

Cada tipo de produto exige uma armazenagem diferente, mas transportar produtos frágeis, de modo geral, requer apenas alguns procedimentos simples e acessíveis.

Fizemos uma lista especial para que você não se esqueça de nenhum deles e continue sempre trabalhando com excelência. Confira!

1. Utilize embalagens resistentes e de qualidade

Para transportar produtos frágeis, o ideal é escolher embalagens resistentes e de alta qualidade, sejam elas de papelão ou plástico. As caixas devem sempre ter o mesmo tamanho, o que facilita o empilhamento dentro do caminhão, e devem seguir uma organização específica de acordo com a ordem de retirada.

As embalagens individuais dos produtos também merecem atenção: lacres precisam ser utilizados sempre que necessário e seus materiais devem ser igualmente firmes para que suas funções sejam cumpridas com sucesso. Do contrário, o conteúdo pode acabar ficando danificado durante o trajeto.

2. Sinalize os produtos frágeis na caixa

Mesmo que os responsáveis pelo transporte conheçam bem sua empresa, não é de cunho deles definir o que é frágil e o que não é. Portanto, providencie sempre uma marcação nas caixas, em letras grandes e com a maior visibilidade possível.

Assim, todos os envolvidos na logística de entrega estarão cientes dos cuidados dedicados àquele transporte em especial. Esse procedimento evita maiores transtornos em caso de quedas ou imprevistos e facilita as providências a serem tomadas, se necessário.

3. Escolha transportadoras especializadas

Seja qual for o fluxo de entregas que acontece em seu negócio, é interessante contratar uma empresa que seja especializada em transportar produtos frágeis. Se você preferir internalizar o processo, garanta que a sua equipe receba o treinamento adequado para que o serviço fique bem feito.

Sempre que possível, acompanhe todo o processo de empacotamento ou determine um profissional para fazê-lo. Essa atividade ajuda bastante a certificar a qualidade de todo o processo, permite a percepção de falhas a serem corrigidas e de melhorias a serem feitas no acondicionamento dos produtos.

4. Organize os produtos de acordo com seu porte

Esta é uma iniciativa mais que básica: produtos frágeis sempre devem estar por cima dos que são mais pesados. Esta é simplesmente a ordem natural das coisas, embora muitas pessoas se esqueçam disso.

Sendo assim, procure sempre fazer as recomendações corretas, inclusive por escrito para assegurar o cumprimento do protocolo. Este é um erro muito grave e que pode causar um prejuízo alto para empresa caso aconteça.

5. Dê preferência a artigos específicos de proteção nas embalagens

Lembre-se de envolver os produtos frágeis em plástico bolha, papel amassado ou isopor. Ainda que esta seja uma tarefa um tanto quanto trabalhosa, é uma precaução a mais para que o produto permaneça em bom estado e isso vale para todos os tipos de embalagem.

Além disso, essa proteção faz com que os produtos fiquem mais ordenados dentro da caixa, impedindo que eles se desloquem ou se misturem. Quanto mais espaço sobrar dentro de cada recipiente, mais esses materiais devem ser utilizados para dar firmeza no transporte.

6. Proteja as pilhas de mercadorias

Não considere as mercadorias prontas para a estrada se não houver uma proteção geral em torno das pilhas de caixas. Todas devem estar bem fixadas para evitar que caiam ou virem conforme a velocidade e as curvas que o veículo fizer.

Ao mesmo tempo, não sobrecarregue o caminhão com excesso de peso, pois a segurança do transporte deve valer para tudo e todos que participam do processo. Respeitar os limites é fundamental para o sucesso da entrega.

Estas informações foram úteis para você aprimorar suas operações e transportar produtos frágeis da maneira correta? Então assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como este!