Como a comunicação entre indústria e suprimentos podem melhorar a produtividade

Tempo de leitura: 6 minutos

Comunicação é a base de qualquer relacionamento. Nas empresas, não é diferente: é essencial, por exemplo, que os colaboradores se comuniquem entre si para que o trabalho flua da melhor maneira possível. E o mesmo vale para a relação com fornecedores. Quanto melhor for a comunicação, mais fácil será atingir os resultados.

A cadeia de suprimentos é a rede de apoio que, se for eficiente, permite que as empresas prosperem. Ela abrange do armazenamento da matéria-prima à chegada do produto final às mãos do consumidor. Sua gestão adequada é essencial para melhorar a produtividade e, consequentemente, aumentar a satisfação do cliente.

Ou seja, quando a cadeia de suprimentos é bem administrada, o produto correto chega ao consumidor no prazo combinado, na quantidade certa e da maneira esperada, de modo a atingir — ou até a superar — suas expectativas. Por isso, a comunicação adequada faz toda a diferença nesse processo. Quer saber mais? Acompanhe!

O que é cadeia de suprimentos?

Os processos de compra, armazenamento, embalagem, transporte, movimentação interna e distribuição compõem a cadeia de suprimentos. Para que ela funcione de forma eficaz, todas essas atividades devem ser planejadas em associação às logísticas interna e externa da companhia.

Por isso, é essencial que haja colaboração entre todos os envolvidos — fornecedores, prestadores de serviço e consumidores. O alinhamento das atividades deve ser sincronizado de modo que represente o mínimo de custos e o máximo de valor para o cliente.

Nesse contexto, o relacionamento entre as empresas é essencial para que a companhia alcance seus objetivos. É por meio da boa comunicação com os fornecedores que as empresas conseguem melhorar o rendimento das diferentes etapas de logística.

Assim, é possível fazer o planejamento do equilíbrio entre oferta e previsão de demanda, acompanhar o processo de fabricação, tornar o armazenamento mais eficiente, garantir a entrega no prazo, facilitar a devolução do produto (se for o caso) e prestar o melhor serviço de atendimento ao cliente possível.

Como deve ser a comunicação entre os envolvidos?

A estratégia de comunicação que vai unir os entes da cadeia é o ponto de partida para garantir vantagem competitiva à organização. Por meio de um conjunto integrado de sistemas, é possível combinar dados, voz e imagem para reduzir etapas.

Assim, a agilidade e a eficiência nas tomadas de decisão são aumentadas enquanto as despesas corporativas são diminuídas. Isso porque, com maior sincronismo entre a oferta e a demanda, evita-se o acúmulo de estoques e o consequente prejuízo financeiro.

Nesse cenário, deve-se ter em mente que produtividade não é apenas produzir mais. É ter a capacidade de fazer mais com os mesmos recursos enquanto mantém o nível de qualidade. Para isso, a matéria-prima, o maquinário e a mão de obra devem ser usados da melhor forma possível.

Como é possível aumentar a produtividade?

Algumas práticas são essenciais para que a comunicação na cadeia de suprimentos seja adequada e, assim, possa melhorar a produtividade da equipe. Conheça-as a seguir!

Mapeamento de processos

Mapear os processos da empresa permite ter controle da produção. Assim, é mais fácil identificar as fragilidades da cadeia de suprimentos. Isso porque conhecer o processo de ponta a ponta ajuda a ter segurança para reconhecer problemas e encontrar soluções para eles.

Revisão de processos

Nem sempre são necessárias soluções sofisticadas para aumentar a produtividade. Depois do mapeamento de processos, aspectos desnecessários, posições desalinhadas, distribuição ineficiente de materiais e até as habilidades de cada profissional devem ser considerados para tornar o sistema mais eficiente.

Níveis de estoque

Quando o assunto é estoque, é preciso saber exatamente a quantidade ideal. Afinal, tanto a falta de produtos quanto o excesso podem ser bastante prejudiciais — se, por um lado, perde-se vendas (e, talvez, até clientes), por outro, pode-se perder insumos. Então, um estoque baixo (com margem de segurança) otimiza os gastos.

Comunicação eficiente

A troca precisa de informações é essencial para a produtividade. Sem comunicação eficiente, os ruídos podem impedir que os dados circulem de forma adequada entre os envolvidos — e o tempo de resposta a problemas, nesse cenário, aumenta.

Uma boa comunicação pode ser obtida com o auxílio de um sistema de gestão empresarial (Entrerprise Resource Planning – ERP). Essa ferramenta integra todos os dados, vindos dos mais diferentes setores, e permite até oferecê-los aos fornecedores. Com isso, as tomadas de decisão ficam mais fáceis.

Uso da tecnologia

Como o ERP agrupa todas as informações da empresa em um único local, o acesso aos dados é muito mais fácil. Assim, é possível acompanhar os processos, diminuir o tempo de entrega e oferecer informações pertinentes ao fornecedor para que não haja imprevistos.

Além disso, enquanto a engenharia tem acesso a informações sobre a produção e pode prever o tempo de execução de um projeto, os responsáveis pelo estoque podem informar os níveis atualizados de itens armazenados. Dessa forma, pode-se aumentar a produtividade sem perder qualidade.

Modificações na cadeia de suprimentos

Sempre que houver modificações nos processos de produção, todos os envolvidos devem ser informados — principalmente os fornecedores. Esse compartilhamento de informações ajuda a evitar problemas com excesso de estoque: conforme os insumos forem acabando, os fornecedores saberão que devem entregar novos lotes.

Para contemplar esse aspecto, é essencial escolher um ERP que atenda às demandas da empresa e permita fazer a gestão da cadeia de suprimentos em um só lugar. É isso que vai garantir mais eficiência e agilidade aos processos.

Gestão do tempo

Para aumentar a produtividade, além de administrar bem a comunicação, é fundamental saber gerenciar o tempo. O primeiro passo para isso é definir as metas de qualidade e produtividade: os profissionais precisam ter essa informação para que o trabalho seja executado com qualidade e no tempo adequado.

Em resumo, é essencial que a comunicação seja parte integrante da cadeia de suprimentos. Só assim, vai ser possível melhorar a produtividade, já que a otimização de processos é, cada vez mais, parte integrante das metas de empresas que buscam vantagem competitiva para se diferenciar da concorrência.

Como você tem feito isso no seu empreendimento? Quer receber mais dicas relacionadas a esse tema? Então, assine nossa newsletter e receba as novidades sempre em primeira mão diretamente no seu e-mail.

Powered by Rock Convert