5 dicas para merchandising no PDV utilizando stopper e embalagem!

Tempo de leitura: 3 minutos

O merchandising no PDV é uma ação de marketing que não pode ser deixada de lado por alguns setores, como o de alimentos, itens de limpeza, higiene pessoal, entre outros. Essas mercadorias, geralmente vendidas em estabelecimentos físicos, como supermercados e farmácias, precisam chamar a atenção dos clientes — e isso requer ações bem planejadas.

Nesse sentido, as embalagens dos produtos precisam ser muito bem trabalhadas, seguindo técnicas como a psicologia do consumidor. Além disso, deve-se investir nas mídias corretas para praticar o merchandising. Uma delas é o stopper, uma espécie de placa feita em plástico ou papel, que indica para as pessoas que elas podem encontrar um produto X em determinada gôndola ou prateleira de um estabelecimento comercial.

Neste post, você vai conferir cinco dicas de como explorar o merchandising no PDV utilizando stopper e embalagens. Confira!

1. Explore os sentidos do consumidor

Ao praticar o merchandising é preciso praticar ações que explorem o máximo possível dos sentidos do consumidor. O primeiro deles é a visão, que precisa ser estimulada com embalagens e stoppers atrativos.

Na sequência vem o tato, de modo que os produtos devem estar ao alcance do cliente, para que ele possa manuseá-los. No caso de alimentos, oferecer uma degustação para o consumidor pode estimular o paladar. Já o olfato pode ser explorado por meio de um produto de limpeza com cheiro bom, e assim por diante.

2. Aproveite as datas comemorativas

As datas comemorativas devem ser aproveitadas para criar pontos de merchandising que despertem a curiosidade das pessoas que passam pelo local. Na Páscoa, é comum que os supermercados façam grandes corredores com ovos de chocolate, por exemplo.

O mesmo pode ser feito em outras datas, como a criação de um cenário romântico para expor produtos no Dia dos Namorados, um espaço kids para atrair o consumidor infantil no Dia das Crianças, entre outras comemorações.

3. Varie os stoppers e embalagens

As embalagens e stoppers precisam variar de acordo com a campanha de marketing atual da empresa. Por isso, evite que os supermercados que revendem o seu produto mantenham exposto por meses o mesmo material promocional. Afinal, com o tempo as pessoas já terão conhecimento do que se trata e ignorarão a ação.

A ideia é que você crie novas campanhas de marketing com frequência e invista em materiais para disponibilizar aos estabelecimentos que vendem os seus produtos.

4. Aposte nos diferenciais em comunicação visual

O ponto de venda precisa ser visto como uma mídia para divulgar o seu negócio. Para isso, é preciso utilizar os stoppers como uma verdadeira ferramenta persuasiva de comunicação visual.

É possível utilizar gatilhos mentais nos textos das placas, como “compre agora”, “não perca”, entre outros.

5. Integre mídias físicas com mídias digitais

As pessoas estão cada vez mais conectadas e gostam de realizar ações no ciberespaço. Nesse contexto, uma estratégia interessante é mesclar as mídias físicas, como o stopper, com mídias digitais.

Considere, por exemplo, inserir nesse material um QR Code que direcione o cliente para um site com mais informações sobre o produto; a página da empresa nas redes sociais; a loja de aplicativos para que ele faça download de algum app ou jogo da marca etc.

As embalagens e os stoppers são as peças-chave para impulsionar as vendas de uma marca em ações de merchandising no PDV. Então, siga nossas dicas e garanta um alto faturamento.

Gostou do nosso artigo? Que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Assim, você mostra a seus clientes que está sempre em busca de novidades para os seus produtos.

 

Powered by Rock Convert