Confira 4 dicas infalíveis para reduzir o ciclo de compras

Tempo de leitura: 3 minutos

Sabemos que no mercado consumidor atual cada detalhe para agilizar o processo de entrega do produto é crucial em uma venda, fazendo com que o cliente receba a mercadoria satisfatoriamente. Isso trará credibilidade e reconhecimento à empresa, sem dúvida.

Dessa forma, empreendedores de diversos ramos, principalmente do setor alimentício, têm se preocupado com o lead time, isto é, o tempo de aprovisionamento até que se conclua determinada atividade, conseguindo reduzir seu ciclo de compras com o intuito de obter maior economia, tanto de tempo quanto de dinheiro gasto com tal procedimento.

Pensando nesse assunto tão importante, listamos quatro medidas simples e fáceis de colocar em prática para alcançar esse objetivo final. Confira!

1. Invista em tecnologia de ponta

Nada melhor do que usar a tecnologia a nosso favor, não é mesmo? Ainda mais quando temos a ferramenta certa para o que precisamos, tornando-as nossas maiores ajudantes quando se trata de produção.

Além de trazer inovação para a organização como um todo, facilitando a vida do gestor e dos clientes,ainda automatizam diversos processos fundamentais para a diminuição das etapas de compras e tempo de execução dos afazeres, podendo alcançar o máximo de efetividade.

2. Temporize os serviços

Após ter implantado corretamente a automação na empresa, para que o ciclo de compras se reduza consideravelmente, o empreendedor deverá não só garantir, como também alinhar perfeitamente o sistema operacional para que o desempenho chegue ao nível de otimização ideal.

Para tanto, é necessário que o empreendedor e colaboradores tenham um método preciso de processamento do pedido do cliente, no intuito de harmonizar todas as fases que envolvem a demanda.

Assim, é interessante que o gestor tente fazer com que o fornecedor entregue a mercadoria quando o volume de pedidos já estiver praticamente fechado, deixando o produto esperando o mínimo possível para ser entregue à pessoa, o que diminui os atrasos. Para colocar isso em prática, basta sincronizá-los com as datas de demanda e de fornecimento.

3. Aprimore a comunicação

Ter uma qualidade de excelência na comunicação interpessoal e logística da empresa é essencial quando estamos falando de alta performance. Esse é um grande trunfo para o negócio ser próspero e econômico em suas finalidades.

Dessa maneira, dar prioridade e saber focar no trabalho mais importante melhora o ciclo de compras, amortizando o tempo para ser concluído sistematicamente. Para que esse processo seja facilitado, cada colaborador responsável pelo projeto tem que estabelecer um prazo certo para executar sua função, adquirindo gradativamente um conjunto de informações necessárias à sincronia das várias etapas.

Feito isso, qualquer tipo de monitoramento, avaliações e reuniões serão simplificados e agilizados, o que faz com que as informações cheguem aos demais setores rapidamente. Assim, o cumprimento das ações é potencializado, e o lead time é feito em tempo hábil.

4. Implante assinaturas eletrônicas

Como o processo de compras tende a ser demorado, passando por diversos estágios, desde a confirmação do pagamento até o efetivo recebimento do produto, ele tem tornado a demanda totalmente burocrática e defasada.

Portanto, utilizar um sistema de assinatura eletrônica diminui drasticamente o tempo de aprovisionamento, sem toda aquela papelada para assinar manualmente. Isso desburocratiza o processo e dá mais segurança para os contratantes.

Por todas essas razões, devemos entender que reduzir o ciclo de compras tem sido prioridade para fazer a parte operacional do negócio funcionar perfeitamente e com a maior eficácia que conseguir alcançar. Isso aumentará a produtividade e competitividade de forma geral.

Gostou de aprender essas dicas sensacionais? Então ajude seus amigos e parceiros de negócio a conhecerem este tema compartilhando este conteúdo em suas redes sociais!

Powered by Rock Convert