Qual é a relação entre gestão de estoque e gestão de custos?

Tempo de leitura: 3 minutos

Empresas multinacionais como Dell e Toyota são consideradas mestres na arte de minimizar seus estoques. Tal habilidade credenciou-as a se tornarem líderes em seus respectivos mercados. Esse fato evidencia a forte ligação entre gestão de estoque e gestão de custos.

A seguir, abordaremos os elementos constitutivos dessa relação e as melhores maneiras de manter um nível seguro de estoque sem que, para isso, as finanças do seu negócio sejam prejudicadas.

Eficácia das operações e performance de negócios

De um modo geral, melhorar o desempenho operacional e, em particular, reduzir o tempo entre a fabricação do produto e sua introdução no mercado requer a melhoria dos processos em toda a cadeia. Isso significa implementar a gestão da qualidade total, processos Just In Time (JIT), práticas de “desperdício zero” etc.

As empresas que se concentram no planejamento operacional atingem uma melhor participação no mercado e obtêm maiores lucros. Por exemplo, a aderência da gigante Nestlé a esta estratégia fez dela líder mundial no setor alimentício. Mas isso é suficiente para provar que a gestão de estoques está relacionada à gestão de custos?

Gestão de estoque e gestão de custos

Um importante estudo (desenvolvido a partir da colaboração entre pesquisadores norte-americanos, franceses e suíços) encontrou uma correlação positiva entre gestão de estoque e gestão de custos.

Ainda mais significativamente, foi demonstrado que uma gestão eficaz do estoque também leva a um melhor desempenho financeiro — que mensuraram por meio da análise de lucros brutos e operacionais de empresas de todo o mundo.

Há três categorias principais de estoque que influenciam diretamente a gestão de custos e o desempenho financeiro de uma empresa: matérias-primas, produtos parcialmente fabricados e produtos acabados.

Os graus de correlação variam de acordo com o tipo de estoque e alteram elementos como o tempo que os produtos levam para serem produzidos e gerarem retorno.

Características dos produtos

Compreender as características de seus produtos, suas condições de armazenamento, e a dinâmica de entradas e saídas pode ajudar a sua empresa a reduzir custos, acelerar a realização de processos e evitar erros.

Uma boa ideia é contar com algum sistema de controle que seja capaz de avaliar seus ativos atuais, equilibrar as contas e fornecer relatórios financeiros.

Manutenção do equilíbrio

Uma gestão eficiente é aquela capaz de equilibrar a quantidade de produtos estocados. Não é nada agradável perder uma venda porque você não tem estoque suficiente para preencher um pedido, não é mesmo?

Se tais problemas não puderem ser prontamente resolvidos, de nada adiantará uma boa gestão de custos, pois os clientes simplesmente migrarão para a concorrência.

De modo semelhante, você não deve ter excessos de produtos ocupando seus espaços de armazenamento. Isso prejudica gravemente a rentabilidade do seu negócio, pois um item que permanece estocado por longas datas corre o risco de expirar, se danificar ou se tornar obsoleto.

Em suma, o sucesso da gestão de estoque e gestão de custos dependerá de quão profundamente sua empresa compreende a demanda dos clientes e está preparada para suas constantes alterações.

Gostou do nosso post? Que tal saber mais sobre a importância da embalagem em produtos alimentícios?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *