Embalagens: por que elas são uma poderosa ferramenta de marketing?

Tempo de leitura: 6 minutos

O mercado cada vez mais competitivo tem exigido soluções inovadoras e surpreendentes das marcas que procuram se diferenciar e conquistar mais clientes.

Nesse contexto, as embalagens devem ser entendidas como uma poderosa ferramenta de marketing: muito além de proteger ou permitir o transporte de um produto, elas servem para apresentar a cultura da marca, encantar os clientes e agregar valor à empresa.

Então, não pense duas vezes antes de investir em embalagens de qualidade, que ofereçam ao cliente praticidade, inovação e um layout encantador. Essa estratégia pode fazer toda a diferença na sua trajetória rumo ao sucesso.

Entenda, neste post, a importância das embalagens no seu plano de marketing.

O momento da compra

O primeiro aspecto que precisa ser considerado para se entender a importância das embalagens é o momento de compra do cliente. Na grande maioria das vezes, ele acontece já no ponto de venda, quando os inúmeros concorrentes precisam fazer de tudo para conquistar a sua atenção.

Assim, é claro que uma embalagem confiável, eficiente, nas cores certas, com os elementos visuais adequados ao tipo de produto e público, apresenta um grande diferencial. Em alguns casos, ela vale mais do que os vultosos investimentos em publicidade, na medida em que prende a atenção do cliente no momento de compra e converte a venda.

A experiência com o produto

Todo empreendedor sabe que não adianta apenas conquistar um cliente: é preciso trabalhar bastante para conseguir mantê-lo fiel à marca. Aqui, a experiência com o produto é essencial e quanto melhor ela for, maior será a satisfação do consumidor e sua disposição em continuar comprando.

A embalagem deve atuar, então, de forma a otimizar essa experiência, como uma verdadeira ferramenta de marketing.

Não adianta oferecer um produto de qualidade se a embalagem acaba trazendo transtornos para o consumidor: rasga ao abrir, espalhando o produto por toda a cozinha ou não consegue ser vedada adequadamente, fazendo com que o prazo de validade do produto seja reduzido, por exemplo.

Valor agregado

A embalagem deve ser entendida também como uma excelente ferramenta para agregar valor ao produto, já que é uma plataforma que permite à marca apresentar sua cultura e suas crenças.

Uma empresa que usa materiais e processos ecologicamente corretos em suas embalagens, por exemplo, deve comunicar isso ao consumidor, conquistando a boa vontade daqueles clientes mais engajados e consolidando uma imagem mais exclusiva.

É necessário pensar também em formas de ampliar o uso da embalagem de determinado produto. Por exemplo, biscoitos e chocolates que são entregues em caixas e latas bonitas, que depois serão utilizadas para outros fins, garantem a presença da marca na casa do consumidor por muito tempo depois que o produto já foi utilizado.

A negociação com o varejo

Embalagens bonitas, exclusivas e impactantes tendem a encantar a todos, inclusive aos donos de estabelecimentos varejistas.

Quem não quer expor em suas prateleiras um produto que vai chamar a atenção e se destacar e que, justamente por isso, tem grandes chances de ter altos índices de venda?

Isso mostra que uma boa embalagem é também um diferencial antes mesmo de chegar ao cliente final. Pensando em todas as etapas, o empreendedor tem mais chances de conquistar o seu espaço no mercado.

É fácil perceber, então, que as embalagens são um dos fatores mais importantes para a construção de uma marca forte, coerente e que dialogue com o seu consumidor de forma assertiva e única.

O destaque da concorrência

Certamente, uma embalagem aliada às propostas do produto e público e que se destaque dos concorrentes se engaja de forma mais eficaz com o cliente. Investir na inovação pode atrair mais vendas, otimizando o processo de crescimento de um negócio.

De acordo com a pesquisa MWV de 2015, 81% das decisões tomadas ao longo do processo de compra, no Brasil, têm a embalagem como critério fundamental. Com baixos custos, o elemento funciona como uma grande ferramenta de marketing.

A qualidade do material

Para que a embalagem tenha destaque em meio às ofertas da concorrência, o investimento em materiais e em design inovadores é uma boa dica. É preciso que ela se relacione com a proposta do produto, mas que atraia a atenção do cliente por algum elemento de novidade.

Por meio da elaboração com materiais, cores e formas pouco comuns — em relação à concorrência —, o olhar do público facilmente será mais capturado.

Pense em embalagens icônicas, como a de goma de mascar da marca Chiclets ou a da lata de sopa de tomate da Campbell’s. O amarelo da primeira e o vermelho da segunda certamente vieram à sua mente.

É dessa forma que a embalagem deve ser confeccionada, por meio da incorporação de elementos que individualizam a sua marca.

A busca por funcionalidade

Ao pensar na embalagem como ferramenta de marketing, a funcionalidade jamais pode ser deixada de lado. Além do atrativo estético e da conservação e proteção do produto, é imprescindível trabalhar o conceito da praticidade.

Elaborar uma embalagem funcional significa que esse aparato proporcionará, ao cliente, o fácil manuseio e uso. A rede de fast food McDonald’s criou, com foco em seu público que utiliza bicicletas como meio de transporte, o pacote McBike. A invenção foi aplicada nas unidades da Dinamarca.

A embalagem, na qual podem ser colocados o hambúrguer, a batata frita e uma bebida, possui um gancho que fica preso no guidão da bicicleta. Dessa forma, o cliente ciclista compra o produto e se desloca facilmente.

A ação demonstra que conhecer as demandas do público é fundamental para qualquer ação organizacional, inclusive, para a elaboração de embalagens. Atender às necessidades do cliente mostra cuidado com o consumidor, o que otimiza as vendas.

Edições especiais

Uma boa forma de atrair a atenção dos clientes e garantir que o produto fique menos tempo nas prateleiras é investir em embalagens especiais. Seja para a comemoração de uma data (você se lembra das embalagens da Coca-Cola na época de natal?), como parte de uma campanha de marketing específica ou por outras razões, a criatividade normalmente é mais desenvolvida nesses rótulos.

A estratégia também pode garantir a fidelização do cliente, uma vez que muitas pessoas colecionam edições especiais.

Pensar no uso complementar de embalagens de versões únicas também é uma interessante ferramenta de marketing para otimizar as vendas. Tome por exemplo uma embalagem de shampoo na qual pode ser acoplada o condicionador e um creme pós-banho da mesma marca.

Dessa forma, o cliente pode, a partir de um produto, agregar (comprar) outros que também estão à venda.

Não se esqueça dessa eficiente ferramenta de marketing no momento de elaborar um plano de ação para a sua empresa. E não deixe de compartilhar conosco as suas impressões sobre o assunto, deixando o seu comentário!