Você sabe o que é logística reversa e como aplicar esse conceito?

Tempo de leitura: 4 minutos

A logística é uma peça fundamental para o sucesso de uma empresa, e adotar uma estratégia eficiente influencia diretamente nos resultados do negócio. No entanto, muitos desconhecem o fato de que esse processo não termina quando o produto é entregue ao consumidor, mas somente após esgotada a vida útil da mercadoria.

Há casos em que a mercadoria é devolvida, reaproveitada, enviada para reparação, ou ela pode ter chegado ao fim de sua vida útil e deve ser descartada de forma consciente. Nesses casos, aplica-se a logística reversa.

Quer saber mais sobre o que é logística reversa e o porquê de ela ser importante? Confira abaixo!

O que é logística reversa?

Enquanto a logística tradicional trata do fluxo de produtos da fábrica para o consumidor, a logística reversa ocupa-se dos processos relacionados ao retorno de quaisquer mercadorias do cliente final de volta para a empresa.

Veja alguns exemplos em que este processo é aplicado:

  • Devolução de mercadorias;

  • Reparação e manutenção de produtos;

  • Troca de mercadoria em garantia;

  • Esgotamento da vida útil e descarte consciente.

O conceito de logística reversa pode ser dividido em duas categorias: pós-venda e pós-consumo.

  1. Pós-venda: ocupa-se dos produtos que são devolvidos, independentemente do motivo, por exemplo: erro em processamento de pedido, expiração do prazo de validade, falha no funcionamento, dentre outros.

  2. Pós-consumo: trata dos bens que já chegaram ao fim de sua vida útil. Os produtos já foram utilizados e devem ser reaproveitados ou precisam ter uma destinação adequada e sustentável.

Os principais produtos dos quais a logística reversa se encarrega são pilhas, baterias, pneus, embalagens e resíduos de agrotóxicos, eletrônicos, óleos automotivos, dentre outros.

Por que é importante e quais os benefícios?

Em agosto de 2010, foi estabelecida a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), por meio da Lei 12.305/10. O instrumento em questão introduz a ideia de responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, ampliando a responsabilidade sobre o descarte e destinação final de produtos e embalagens.

Em meio às exigências legais, muitas vezes as empresas não enxergam que a implantação de um processo de logística reversa pode trazer uma série de benefícios à sociedade, ao meio ambiente e à própria empresa.

Sociedade

A disseminação dessa prática pode trazer alguns benefícios à sociedade, por exemplo:

  • contribui para criação de novos postos de trabalho;

  • incentiva a conscientização ecológica das empresas e das pessoas;

  • reduz o consumo de energia;

  • diminuição da quantidade de lixo urbano;

  • economia de recursos naturais.

Meio Ambiente

A logística reversa influencia positivamente nos esforços para redução dos danos ambientais. Por meio dela, é possível melhorar o processo de descarte de resíduos sólidos no meio ambiente, ampliar a reciclagem e reduzir o desperdício de materiais e embalagens.

Empresa

A empresa pode se beneficiar com a reutilização de material e embalagens retornáveis, reduzindo seus custos de produção, por exemplo. Além disso, insere-se no mercado como empresa socialmente responsável, qualidade bastante apreciada pelo consumidor atual.

Aplicando a logística reversa em uma empresa

Para se estabelecer um processo de logística reversa eficiente, é importante que a empresa tenha um Plano de Resíduos Sólidos que esclareça como será a operacionalização desse procedimento.

Veja algumas sugestões:

  • Descreva o ciclo de vida dos produtos;

  • Crie formas para que os consumidores sejam estimulados a enviar à empresa os produtos no fim de sua vida útil;

  • Faça uma política de devoluções, reparações e trocas bem detalhada;

  • Defina qual será o tratamento dado aos produtos devolvidos e qual a destinação final adequada a cada material ou embalagem;

  • Crie indicadores para monitorar o desenvolvimento da área.

A Philips é uma das empresas que implantou um processo de logística reversa para dar uma destinação adequada a pilhas e baterias. A empresa espalhou pontos de coleta pelo país a fim de dar uma destinação ambientalmente adequada a esses produtos quando esgotada sua vida útil.

A HP é outra empresa que aderiu às boas práticas da logística reversa. O serviço inclui cartuchos de impressão, baterias de notebooks e smartphones, embalagens dos produtos da HP e equipamentos corporativos. Para os cartuchos, há locais determinados e, para os demais itens, basta acessar o site da empresa e seguir o procedimento.

Gostou do nosso post? Então, compartilhe agora em suas redes sociais e espalhe essa ideia!