Passo a passo para criação de uma embalagem de sucesso!

Tempo de leitura: 6 minutos

A concorrência no varejo está tão acirrada que não adianta mais ter um produto de qualidade para se destacar no ponto de venda. As prateleiras se tornaram verdadeiros canais de marketing para conquistar e fidelizar clientes.

É por isso que a criação de embalagem é um processo essencial de qualquer empresa no setor alimentício. Para vencer os concorrentes é preciso tornar a experiência do seu produto única e memorável.

A sua empresa está com dificuldades em se destacar e você sabe que esse é um dos problemas? Então nós preparamos um passo a passo para você criar a embalagem perfeita:

1º Passo: entendendo o mercado

Antes mesmo de pensar em como vai ser a embalagem para o seu produto, é preciso entender um pouco sobre o que gira em volta dela. Muitas empresas pecam por deixarem esse planejamento de lado na hora de decidir o fornecedor e o design de suas embalagens.

Veja o que você precisa ter em mente:

Público-alvo

Antes de tudo, é o seu público quem vai definir a sua estratégia na hora de criar uma embalagem.

Quer um exemplo simples? Se você vende suco para um público infantil, precisa de uma caixa colorida, que tenha o formato da fruta ou um desenho dinâmico. Se é para um público adulto e que quer entrar em forma, uma caixa com poucos elementos e mais clara.

Seu público tem expectativas quanto ao seu produto. O desafio é criar uma embalagem que ao mesmo tempo atenda a essa expectativa e consiga surpreender.

Pontos de venda

Também é importante levar em conta o local onde seu produto será exposto. Supermercados? Lanchonetes? Restaurantes? Para se destacar, seu produto precisa de materiais e formas que se sobressaiam quando estiverem expostos.

Concorrência

Claro que se sobressair tem a ver também com se destacar da concorrência. É sempre bom ficar de olho no que seus competidores diretos estão fazendo.

Seu produto estará ao lado deles na gôndola. Entender bem o que eles estão fazendo é a melhor estratégia para tornar o produto mais atraente no ponto de venda.

2º Passo: escolhendo material e forma

Estratégia traçada, é hora de botá-la em prática para criar a melhor embalagem possível. Para decidir o melhor material, tamanho e forma, você precisa estar atento aos seguintes itens:

Resistência

A resistência da embalagem vai depender de como ela será transportada, usada e armazenada.

Seu produto pode ter uma embalagem incrível, que atraia toda a atenção no ponto de venda e incentive compras por impulso, mas se ela mal resiste a distância entre o mercado e a casa do consumidor, ele dificilmente repetirá a compra.

Funcionalidade

Os materiais e a forma da embalagem também devem estar de acordo com o uso da sua mercadoria. Lembra dos sacos de leite entornando na geladeira? Pois é, eles existiam porque não havia outra escolha.

A embalagem deve ser pensada como uma extensão do produto e esses dois aspectos devem ser considerados como uma experiência única de uso.

Praticidade

Pessoas gostam de pagar menos, gostam de imagens atrativas que chamam a atenção, mas elas estão dispostas a deixar tudo isso de lado se tiverem muita dificuldade em consumir ou até conseguir acessar o produto.

Bicos para líquidos e zíperes para armazenamento são exemplos comuns de praticidade. Para a criação de uma embalagem eficiente, você deve imaginar-se como o consumidor e pensar em como você pode facilitar a vida dele.

Experiência

Todas esses itens têm a ver com a experiência do consumidor. Materiais, texturas, formas, encaixes, tudo se junta para tornar aquele produto prazeroso ou até indispensável.

Sim, as embalagens têm esse poder! Uma experiência inesquecível é a fórmula de ouro para fidelizar o público.

3º Passo: elaborando a parte gráfica

Claro que não é apenas a forma e os materiais da embalagem que vão proporcionar essa experiência. O Design Gráfico também tem papel importante nisso.

A sua empresa deve contratar um profissional capacitado, mas você também é capaz de criar a estratégia junto com o designer se conhecer o que a parte gráfica traz para a sua embalagem.

Atração

Essa é a principal função do Design Gráfico em uma embalagem. O ser humano é muito atraído pela parte visual, portanto uma comunicação bem-feita pode prender a atenção do consumidor em instantes.

E um desenho atraente não significa ser bonito ou colorido, mas adequado ao gosto do seu público e à natureza do seu produto. O importante não é ter uma obra de arte na gôndola, mas um visual intrigante que o público não consiga ignorar.

Diferenciação

E é claro que para ser mais atraente você tem que ser diferente. Não tanto que fuja da expectativa do público, mas o suficiente para se diferenciar dos concorrentes.

Um bom planejamento visual que intrigue e surpreenda pode até criar um novo padrão de comunicação para o setor, tornando o seu produto uma referência.

Criação de valor

Somos seres visuais e emocionais. Por isso, costumamos dar preferência a um produto mesmo que exista outro exatamente igual. O que conta nesse caso é o valor agregado, além do que realmente vale a mercadoria.

A embalagem é o primeiro contato do seu consumidor, e ela será sua primeira impressão. E, de novo, falamos de experiência. Tanto na forma como no visual, sua embalagem tem que criar um vínculo emocional, um valor que vai muito além de custos operacionais e de transporte.

Uma embalagem que cria valor é o ponto máximo de uma criação eficiente.

4º Passo: reavaliando e inovando na criação de embalagem

Seguindo os três passos anteriores, sua embalagem estará pronta para conquistar. Mas o trabalho não termina aí, mesmo os produtos mais inovadores ficam para trás com o tempo.

É importante que o gerente responsável por essa criação fique sempre de olho no que está acontecendo no mercado. Tanto no que os concorrentes estão fazendo e nos hábitos do público quanto em novas formas e materiais que os fornecedores oferecem.

A criação de embalagem é tratada em muitas empresas como um detalhe na cadeia de um produto, mas ela é essencial para atrair, conquistar, proporcionar experiências e aumentar seu valor. Estude bem cada um desses passos e crie a melhor estratégia para se destacar da concorrência.

Você se interessou e quer saber mais sobre como criar a embalagem perfeita? Então baixe agora este e-book sobre como o design de embalagens pode ajudar no processo de vendas e marketing!