A importância do controle de qualidade da embalagem alimentícia

Tempo de leitura: 3 minutos

De toda a indústria de produtos, o setor alimentício é o que demanda mais atenção e cuidado na hora de embalar um produto. Empresas que atuam neste ramo não podem se preocupar apenas com o design e estratégias de marketing. Existem também parâmetros legais que precisam ser seguidos para garantir a qualidade do produto.

Se a sua embalagem tem contato direto com o alimento, nós vamos te explicar alguns padrões que você deve exigir que seu fornecedor siga com atenção no controle de qualidade para evitar que sua mercadoria seja comprometida. Confira:

A importância do selo ISO9001

Antes de qualquer negociação com seu futuro fornecedor de embalagens, é importante conferir se ele possui a certificação NBR ISO9001 na hora de confeccionar as embalagens que irão armazenar o seu produto. Este selo garante que a empresa fornecedora segue as normas de produção e controle de qualidade estabelecidos internacionalmente.

Diferente de outros tipos de mercadoria, uma falha na embalagem alimentícia pode se tornar um problema de saúde pública, por isso garantir a qualidade do seu material é tão importante.

A atenção às RDCs

Além da certificação ISO9001, outro ponto importante ao buscar um fornecedor de embalagens é ter certeza de que ele segue as Resoluções da Diretoria Colegiada da ANVISA.

Estas resoluções dispõem sobre boas práticas a serem seguidas e limitações quanto a materiais e aditivos na produção de uma embalagem. Estar atento a essas indicações garante a qualidade do seu produto e a saúde do seu cliente.

As regras do Mercosul

O Mercosul é um grande mercado, mas existem regras específicas para quem quer exportar para nossos vizinhos. Mesmo que a maioria dessas determinações tenham sido internalizadas pela ANVISA, exija de seu fornecedor o cumprimento destas leis para que sua empresa não tenha problemas no futuro.

As restrições do Mercosul, assim como as brasileiras, listam materiais básicos permitidos para a confecção de embalagens que entram em contato com o alimento e um limite para a migração destes materiais para o produto.

A necessidade de um bom controle de qualidade

No setor alimentício, o controle de qualidade de uma embalagem é quase tão importante quanto o produto. Esta não é uma questão apenas de seguir recomendações, já que a própria integridade da mercadoria depende de um armazenamento adequado para conservação e manuseio.

Por isso, é essencial que seu fornecedor cumpra as normas da ANVISA, para evitar que seu produto tenha problemas como:

  • A modificação das características sensoriais do produto pela interação com material inadequado, como sabor, cheiro, cor e textura;

  • A degradação precoce do alimento pelo surgimento de pequenas trincas e furos;

  • O vazamento de líquidos por má qualidade de lacres e tampas;

  • A contaminação do produto por entrada de ar na embalagem;

  • O desenvolvimento de fungos por embalagens que absorvem umidade quando não deveriam.

Por mais que sua embalagem seja atrativa e seu marketing eficiente, se ela não atender a todas as normas dos órgãos reguladores poderá manchar para sempre a imagem da sua empresa. Afinal, nenhuma marca está acima da saúde de uma pessoa.

Agora que você sabe mais sobre a importância do controle de qualidade em uma embalagem de alimentícia, certifique-se de que seu fornecedor está cumprindo todas essas regras e garanta a integridade do seu produto!

E você, já passou por problemas por causa de um fornecedor de embalagens com qualidade abaixo do esperado? Tem algum outro ponto sobre o controle de qualidade que você acha importante para as embalagens de alimentos?

Deixe seu comentário e ajude outras pessoas a conseguirem a melhor qualidade possível para sua mercadoria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *