8 dicas para escolher fornecedores para sua empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

A busca pelos melhores fornecedores e que oferecem os menores preços é uma das tarefas mais difíceis para o setor de compras de uma empresa. Com a rotina corrida e super ocupada, os profissionais dessa área precisam cumprir as demandas de estoque e, ao mesmo tempo, procurar o melhor custo-benefício para atender às necessidades do negócio.

Pensando nisso, reunimos, neste post, uma lista com os principais aspectos que devem ser observados ao escolher fornecedores. Acompanhe!

1- Qualidade

Antes de realizar a compra, é importante examinar a qualidade dos produtos que diferentes fornecedores oferecem. Nos casos onde o produto do fornecedor impacta diretamente na atividade da empresa, o cuidado com a qualidade deve ser ainda maior, já que um material ruim pode prejudicar o resultado final do trabalho.

Além da qualidade do produto, vale a pena observar o cuidado do fornecedor com a entrega e com o cumprimento de prazos, pois isso pode afetar a produção e as vendas da empresa. Para se assegurar da melhor escolha, conte com a ajuda das equipes de gestão da qualidade e marketing.

2- Preço

Durante a pesquisa de preços, é possível escolher fornecedores de qualidade, com preços mais competitivos do que outros. Dessa forma, mantenha atualizado o cadastro de fornecedores dos materiais mais utilizados pela empresa.

Ao entrar em contato com os fornecedores, fique atento às melhores ofertas e sempre faça uma contraproposta. Assim, você tem mais opções de orçamentos e pode conseguir descontos maiores do que o imaginado. Mas lembre-se de levar em conta o custo-benefício do material oferecido, já que nem sempre o preço é exatamente proporcional à qualidade do que o fornecedor vende.

3- Transparência

A confiança no fornecedor é imprescindível para evitar problemas com o material adquirido ou por conta da entrega. Por isso, além de manter o cadastro atualizado, é importante saber quais os antecedentes de uma empresa, antes de fechar negócio.

Pesquisar os clientes desse fornecedor e entrar em contato para saber se ele realmente entrega aquilo que promete, pode te ajudar a comprar de empresas confiáveis. O bom relacionamento com o fornecedor também deve ser levado em consideração, já que isso diminui o risco de se sentir insatisfeito com uma compra.

4- Mercado

Faz parte da rotina do setor de compras se atualizar com as melhores tendências do mercado e buscar referências de outras áreas de atuação para atender as demandas da empresa. Novas possibilidades podem surgir ao conversar propiciando, assim, diferentes formas de encontrar bons fornecedores.

Além disso, é fundamental fazer uma avaliação periódica dos fornecedores para saber os principais problemas que eles apresentam e o que deve ser considerado nas próximas compras.

5- Garantias

O setor alimentício é fortemente marcado pela necessidade de se cultivar bons relacionamentos com fornecedores também no que diz respeito ao crédito. Afinal, é natural que bons fornecedores sejam criteriosos na hora de fechar um negócio.

A relação entre o distribuidor e o fornecedor dos produtos deve ser de confiança e, ainda, é fundamental ter um bom crédito no mercado, de modo a aumentar o número de contatos disponíveis para fazer negócio.

Como a principal maneira de se ampliar um crédito é aumentando o rol de garantias, você deve desenvolver um plano de negócio com grande enfoque na pontualidade de pagamentos e no bom trato com instituições bancárias.

Desse modo, você terá como comprovar sua boa situação e capacidade de arcar com todos os pagamentos em dia e, ainda, em casos extremos, de solicitar empréstimos. Tudo isso facilitará, para ambas as partes, a negociação de níveis mais altos de exclusividade entre o fornecedor e sua empresa, à medida que o negócio prosperar.

6- Estrutura física

Outro aspecto que poderá ser alvo de observação por parte dos fornecedores serão as condições de armazenamento e manutenção dos produtos comercializados. O estabelecimento deve, naturalmente, respeitar todas as exigências legais relacionadas à umidade, temperatura e higiene do local.

No entanto, sua preocupação deve ir ainda além. É importantíssimo que todos os aspectos da sua empresa reflitam seu comprometimento com segurança e estratégia de crescimento, que revele uma real preocupação em se destacar da concorrência.

Essa preocupação também se aplica ao trato dos gerentes ou responsáveis pelas negociações com fornecedores. Uma equipe comprometida e engajada é um diferencial e tanto para a escolha (e também manutenção) de bons fornecedores.

7- Cobertura territorial

Um diferencial bastante visado por bons fornecedores é a preparação estratégica e prática da empresa para atingir uma maior parcela do mercado, seja em nível regional, estadual ou mesmo nacional.

Para tanto, é fundamental que o planejamento de vendas do seu empreendimento esteja sempre preocupado em implementar as ferramentas e processos necessários para otimizar a permanência no mercado.

8- Alinhamento estratégico

Como é possível observar pelos tópicos anteriores, bons fornecedores buscam boas parcerias. Portanto, o alinhamento estratégico será, definitivamente, um dos pontos cruciais para que você consiga fechar bons negócios.

Por parte da sua empresa, é importante observar se o seu fornecedor tem um trato amigável com os produtores. É importante avaliar se contam com os canais mais rentáveis (como por exemplo, canais que minimizem ao máximo gastos com transporte) para prática de bons preços e, ainda, preocupação constante com tirar proveito das novidades do mercado.

Desse modo, o risco de trabalhar com produtos ultrapassados, obsoletos ou que poderiam ser substituídos por opções mais lucrativas, é drasticamente reduzido. Por outro lado, o que o fornecedor avaliará será, principalmente, sua abertura para apoio no desenvolvimento de novas práticas que poderão trazer mais lucros para a empresa dele e, consequentemente, para a sua.

Mais do que um fornecedor, o que uma empresa visionária procura são parceiros que possam atendê-la da melhor forma possível e, assim, ajudá-la a fazer o seu trabalho. Por isso, é importante escolher fornecedores com os mesmos princípios e que possam agregar ainda mais valor para o serviço ou produto que a sua empresa oferece.

E então, você gostou das nossas dicas para escolher bons fornecedores para a sua empresa? Já as coloca em prática ou tem alguma dúvida sobre o assunto? Compartilhe suas impressões, perguntas ou opiniões nos comentários abaixo!