5 segredos de uma boa negociação

Tempo de leitura: 3 minutos

O mercado está cada vez mais competitivo e seletivo, por isso, fazer uma boa negociação tornou-se uma estratégia de sobrevivência, responsável por garantir o sucesso dos negócios. No entanto, o grande desafio dos negociadores é conseguir fazer uma proposta que não seja pautada apenas em interesses individuais, sendo necessário propor acordos que beneficiem ambos os lados sem a existência de conflitos.

Além disso, ter apenas habilidades não é mais suficiente para conseguir combater as objeções que impedem o fechamento de um negócio. Por ser uma decisão conjunta, conhecer algumas técnicas e estratégias é fundamental para chegar a um acordo satisfatório.

Saber negociar é uma das ferramentas mais importantes no mundo dos negócios. Selecionamos aqui algumas dicas que farão a diferença e o ajudarão a obter os melhores resultados em suas negociações. Continue acompanhando e confira!

Seja o primeiro a negociar

Para assumir o devido controle da negociação, seja sempre o primeiro a iniciar a conversa. Além de ter mais controle sobre a situação, essa técnica permite não ficar sempre à mercê das decisões dos clientes, assim como não se sentir sob pressão caso o cliente ou o fornecedor exija descontos que ultrapassem as condições ofertadas.

Em suma, aquele que inicia a negociação terá mais chances de expôr suas justificativas e não ficar apenas na posição de “defesa”.

Seja sempre empático

A empatia é essencial para os negociadores que não pretendem fazer propostas pensando exclusivamente no seu benefício próprio. Colocar-se no lugar do outro pode ser um grande desafio, no entanto, é uma técnica necessária e importante para manter uma negociação sincera e criar um relacionamento transparente entre ambas as partes interessadas.

Por exemplo, em situações em que o cliente reclama sobre o valor de um produto e/ou serviço, é indicado utilizar argumentos que compreendam sua opinião de uma forma sincera e mais humanizada.

Construa bons argumentos

Sem argumentos, nenhuma venda ou proposta poderá ser concluída com sucesso. Por isso, saber usar as palavras é uma excelente alternativa para o convencimento, por meio de um acordo que seja benéfico para ambos os lados. Ouça atentamente o que seu cliente/fornecedor tem a dizer e exponha argumentos válidos e convincentes. No entanto, lembre-se que argumentação é diferente de insistência, então mantenha sempre a conversa em tom agradável.

Planeje sua negociação

Antes de fazer uma proposta ou montar um argumento, considere fazer um planejamento. Assim, será possível adquirir maior conhecimento, além de justificativas que podem ser cruciais em sua conversa. Questione sempre quais são as suas opções, os principais contratempos que possa enfrentar, qual o seu orçamento, entre outros assuntos que julgar serem importantes.

Confirme o acordo e finalize a negociação

Você conseguiu argumentar seus pontos e o cliente também, então estão prontos para fechar um acordo. Mas para que tudo fique esclarecido, é recomendado que questione ao seu cliente ou fornecedor se ainda existe alguma dúvida que precise de respostas.

Dessa maneira, você garante que a negociação não entre em conflitos posteriormente, além de demonstrar confiança e profissionalismo. Após sanar todas essas questões, você está pronto para formalizar a negociação. Não se esqueça de ter um documento que comprove a autenticidade do acordo.

Anotou todas as dicas para fazer uma boa negociação? Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário em nosso post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *